Justiça Militar da União

A Justiça Militar da União, na primeira instância, e o Superior Tribunal Militar, na última instância, julgam os crimes militares cometidos por integrantes das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) ou por civis que atentem contra a Administração Militar federal.

Os juízes das Auditorias Militares e os ministros do STM julgam crimes militares, previstos no Código Penal Militar. Os crimes são divididos em crimes próprios e crimes impróprios. Os crimes próprios são aqueles que só podem ser cometidos por militares que estejam em atividade, a exemplo do crime de deserção e de abandono de posto. Os impróprios podem ser cometidos por militares e por civis, a exemplo do peculato-furto, lesão corporal e homicídio.

Sobre nós

Fundado em 1991, o Cogoy, Couto & Gomes Advogados Associados construiu, ao longo destes 30 anos, uma história sólida de credibilidade e excelência na prestação de serviços. Ética, Qualidade e Respeito são os valores inerentes à atuação do Escritório.

Uma das prioridades do escritório é criar soluções jurídicas com agilidade, dedicação, diálogo e compromisso. A combinação de boa técnica, gestão, qualidade de serviços e cumprimento de expectativas é um ponto diferencial na escolha de Cogoy, Couto & Gomes.

Nossa equipe


Carlos Alberto de Cogoy Souza

OAB/RS 28922


cogoy.adv@gmail.com
(53) 99972-1277

Alex Sandro Camargo do Couto

OAB/RS 72673


adv.couto@uol.com.br
(53) 99977-6642

Carlos Augusto de Souza Gomes

OAB/RS 29067


ca.gomes.adv@bol.com.br
(53) 99953-0308

Enzo Bruni Souza

OAB/RS 97831


enzo@ccg.adv.br
(53) 99947-2417

Fale conosco

Você pode nos contatar pelo formulário abaixo, por nosso e-mail, telefones, WhatsApp ou nos fazer uma visita.

Dados para contato

E-mail
contato@ccg.adv.br
Telefone
(53) 3242-3559
Endereço
Av. Barão do Triunfo, 867 - Bagé/RS
Google Maps